Aumentar fonte:

Tesouro divulga o relatório Aspectos Fiscais da Educação no Brasil

O Tesouro Nacional divulga nesta sexta-feira (6/7) o relatório "Aspectos Fiscais da Educação no Brasil". O documento aponta que o Brasil gasta anualmente, em educação pública, cerca de 6,0% do PIB, valor superior à média da OCDE (5,5%) e a mais de 80% dos países. No entanto, o país figura nas últimas posições em avaliações internacionais de desempenho escolar, ainda que haja casos de sucesso nas esferas estadual e municipal.

O relatório apresenta dois cenários para a evolução da despesa primária com educação e aponta que muitas vezes a forte pressão social para elevação do gasto em educação ocorre de maneira dissociada de propostas de política educacional. O principal desafio que se impõe é converter a ampliação dos gastos observada na última década em melhoria da qualidade da educação através do aprimoramento de políticas e processos educacionais no país.

Veja este e outros boletins na página dedicada ao papel do Tesouro na avaliação da qualidade do gasto público