Aumentar fonte:

Tesouro divulga o RREO em Foco dos Estados e Distrito Federal do quarto bimestre de 2018

O Tesouro Nacional publicou, nesta segunda-feira (19/11), o Relatório Resumido da Execução Orçamentária (RREO) em Foco dos Estados e Distrito Federal referente ao quarto bimestre do ano. Os dados são declarados pelos próprios entes por meio do sistema Siconfi/Tesouro Nacional.   

Inteiramente visual, o documento conta com 11 gráficos e duas tabelas que trazem dados sobre o crescimento das receitas e despesas correntes, o resultado orçamentário em relação à Receita Corrente Líquida, o resultado primário e a variação da dívida consolidada.

É possível ver, por exemplo, que apenas seis Estados – Goiás, Santa Catarina, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, São Paulo e Rio de Janeiro – possuem 80% ou mais de receitas próprias em relação à receita corrente total. Ou que as despesas com pessoal e encargos sociais respondem por 81% da receita total do Rio Grande do Sul e 75% da receita total do Tocantins. 

A dívida consolidada chegou a crescer 23% em Piauí, em comparação com o volume registrado em 31 de dezembro de 2017, enquanto o Pará já pagou 95% do volume de restos a pagar inscritos no começo de 2018. Rondônia, Amapá e Espírito Santo obtiveram uma poupança corrente acima dos 20% do valor das suas respectivas Receitas Correntes Líquidas.